Hertha Schwartz

PENSAMENTOS SOBRE O MUNDO EMPRESARIAL E A VIDA!

0

Mídias Sociais

Nesta segunda década do século XXI, é bastante comum atrelar o tema mídias sociais ao termo marketing: não sem razão, pois o meio online se firmou desde o final do século passado como alternativa potencial aos meios de comunicação de massa – hoje fazendo parte de tal categoria.

midias-sociais 5744b

Ter um site, aplicativos como o What´sApp, blog corporativo, contas no Facebook, Twitter, Youtube, Pinterest, Instagram, SlideShare, LinkedIn e outras não é suficiente, pois para todas essas ferramentas é necessário que seja produzido conteúdo: não qualquer conteúdo, mas relacionados ao perfil de público que se espera engajar e respeitando as características de cada rede. Apesar das mídias sociais serem um instrumento relativamente recente, vêm sendo profundamente estudadas ao longo dos anos, desde que foi constatado seu potencial de alcance, engajamento, venda de produtos/serviços, disseminação de ideias, entre outros. Susan Gunelius, em seu livro Marketing nas Mídias Sociais em 30 Minutos, afirma que o fenômeno chamado “redes sociais” se tornou a maior oportunidade mercadológica desde a invenção dos comerciais de televisão.

A mutação neste meio é bastante alta, com novas redes surgindo e sepultando outras que tiveram seu esplendor, como aconteceu com o Orkut e o MySpace. A própria Era da Informação e do Conhecimento gera essa dinamicidade, pois muito do conhecimento adquirido para que novos canais sejam projetados e lançados surgem neste meio de troca de informação, experiência, tentativas, erros e por fim acertos, que vão constantemente sendo adaptados para uma melhor usabilidade por parte dos usuários, que salta inclusive ao mundo offline e reedita a forma com que as pessoas se relacionam.

Tratando-se de marketing de conteúdo, as empresas adquirem uma fantástica maneira de se relacionar diretamente com seu público, podendo construir um relacionamento sólido, tornando-os evangelizadores da marca, realizando pesquisas de mercado de uma maneira mais rápida e financeiramente mais atrativa, realizando promoções, entre outras maneiras – mas sempre levando em consideração um dos princípios básicos deste meio: a construção gradativa do relacionamento, configurando-se em uma estratégia a longo prazo. A ideia das mídias sociais, enfim, é criar informação que seja útil, trazer à tona discussões, engajando seu público-alvo naquele assunto (convertendo a informação em conhecimento) e despertando o interesse para que ele dissemine este conteúdo e possa levá-lo a outrem, perpertuando o mantra e filosofia de vida das novas gerações, em particular da chamada Geração G.

Share This:

Hertha Schwartz • June 19, 2016


Previous Post

Leave a Reply

Your email address will not be published / Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>